ed motta

ed mottaEduardo Motta, o Ed Motta que nasceu na Tijuca, Rio de Janeiro, é sobrinho do criador de um soul com sotaque brasileiro e carioca, o cantor e compositor Tim Maia. Desde criança já mostrava interesse por música e um dos favoritos hits era 'You Are The Sunshine Of My Life' de Steve Wonder. Cresceu rodeado por música. Ed Motta é um dos mais criativos compositores brasileiros, pautado pela experimentação e uma total ausência de regras, junta à musica popular brasileira o funk, o soul, a dance music, o jazz, o reggae, o rock que resultam numa exuberante sonoridade. Profundo conhecedor de vinhos e colecionador, é apaixonado pela sua coleção de vídeos de cinema, mas seu coração bate forte por sua coleção de cerca de 20 mil discos de vinil.

O gatilho para que essa natural paixão pela música foi o interesse em colecionar discos e fugindo da sua origem disco/funk/soul começou a pesquisar desde Scooty Moore a Jimmy Page, mas a obsessão foi mesmo o blues-rock britânico. Convidado para ser o vocalista da banda de hard rock "Kaballah" sendo influenciado por Iron Maiden e Thin Lizzy, tocava Black Sabbath, Deep Purple, Led Zeppelin, AC/DC entre outros. Após esta fase começou a tocar blues/rock até que descobriu Jeff Back e voltou ao berço da música negra. Foi morar em Nova York e lá descobriu a música erudita de Grieg, Fauré, Cesar Frank, Debussy e outros e começa aí, em meados dos anos 80, a nascer o Ed Motta que se consagrou. Aberto a inovações e a surpresas, ele é mais um caso de artista que faz sucesso internacional e passa meio batido no Brasil, ele sabe que sua música é admirada e consumida por poucos no Brasil, mas não se importa, prefere fazer algo contundente a angariar fundos.

ed motta & blues etílicos - people get ready


ed motta - diferença    Ed Motta - Perfil (2008)    ed motta - chapter 9 (2008)

Diferença    |    Perfil (2008)    |    Chapter 9 (2008)

Tracklist: Diferença
01. Without Words with Nature´s Plan & 4 Hero 02. Patinete with Alex Attias 03. The Red Blouse with Ricardo Silveira 04. Samurai 05. Garota de Ipanema with Bossacucanova 06. Amor & Saudade with Jair Oliveira 07. Nascente with Flavio Venturini 08. Sus 4 Jam with Alex Attias 09. A Namoradeixa with Claudio Zoli (Remix) 10. Solução (Remix) 11. Eu Te Vejo Em Tudo with Ebony Vox 12. Ainda Lembro with Marisa Monte (Remix) 13. Perdão Talvez with Paula Lima 14. Caso Sério (Live) 15. Azul Da Cor Do Mar (Live) 16. Mesa De Bar with Alcione (Live) 17. People Get Ready with Blues Etílicos (Live) 18. No Meu Coração Você Vai Sempre Estar

Tracklist: Perfil
01. Fora Da Lei 02. Colombina 03. Manuel 04. Vendaval 05. Azul Da Cor Do Mar 06. Daqui Pro Méier 07. Vamos Dançar 08. Solução 09. Caso Sério 10. Doce Ilusão 11. Nascente 12. Falso Milagre Do Amor 13. Garoto De Ipanema 14. Colombina (acústico)

Tracklist: Chapter 9
01. The Man From The Oldest Building 02. You’re Supposed To 03. Twisted Blue 04. The Runaways 05. St. Christopher’s Last Stand 06. Tommy Boy’s Big Mistake 07. The Sky Is Falling 08. The Caretaker 09. Georgie And The Dragons 10. Ikarus On The Stairs

anna maria jopek

anna maria jopek

Anna Maria Jopek é um grande nome na Polônia, mas, infelizmente, permanece incompreensivelmente desconhecida fora do seu país natal. Pianista, com treino formal em piano erudito, e cantora, costuma cantar sempre na língua polaca, canções suaves falando de amor, fusionadas com música polonesa e com o jazz formando uma alquimia que fizeram de seu trabalho um dos mais prestigiados da Europa na área do jazz. Os originais soam melhor na língua simultaneamente áspera e doce que é o polaco, o que não quer dizer que as versões inglesas não merecem ser ouvidas com toda a atenção. Com a sua voz sedutora e alguma melancolia, Jopek apropria-se dos temas alheios e faz com que sejam totalmente seus, insuflando-lhes um espírito eslavo. Anna já trabalhou com os principais músicos poloneses e europeus. Vale a pena abrir bem os ouvidos para ouvi-la cantar 'Przed Rozstaniem', que é a canção brasileira 'Apelo’ de Baden Powell e Vinícius de Moraes acompanhada por um magistral sax.

anna maria jopek

anna maria jopek - przed rozstaniem


Ale Jestem (1997)

Tracklist
01. Ale jestem 02. Tao 03. Cud niepamięci 04. Zanim zasnę 05. Li moom poola 06. Wiem i chcę 07. Nie przychodzisz mi do głowy 08. Trudno u-cha-cha 09. Dłoń zanurzasz we śnie 10. Joszko Broda 11. Białe żagle, czarne żagle 12. Psalm

Anna Maria Jopek - Szeptem (1998)

Szeptem (1998)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Moja i Twoja nadzieja 02. Dwa serduszka, cztery oczy 03. Czas rozpalić piec 04. Cichy zapada zmrok 05. Bandoska 06. Szeptem 07. Bezsenna noc 08. Oddalasz się 09. Samba przed rozstaniem 10. Pocałunki 11. Gram o wszystko 12. Jeszcze poczekajmy

Tracklist CD 2
01. Do widzenia, Teddy 02. Panienka z temperamentem 03. Dla ciebie jestem sobą 04. W polu lipeńka 05. Czas rozpalić piec 06. Jej portret 07. Ludzkie gadanie 08. Zielono mi 09. Kołysanka rosemary 10. Przed rozstaniem 11. Ale jestem 12. Ach śpij, kochanie

Anna Maria Jopek - Jasnosłyszenie (1999)

Jasnosłyszenie (1999)

Tracklist
01. Timbuktu 02. Księżyc jest niemym posłańcem 03. Ślad po Tobie 04. Uznaj mnie za zaginioną 05. Dina Delusi 06. Kołysanna 07. Ja wysiadam 08. Smutny Bóg 09. Tata 10. Kiedy będziesz duży 11. Jedyna, Ostatnia, Pierwsza 12. Uciekaj, uciekaj 13. Timbukatu (Repryza)

Anna Maria Jopek - Dzisiaj z Betleyem (1999)

Dzisiaj z Betleyem (1999)

Tracklist
01. Gdy sliczna panna 02. Dzisiaj w Betlejem 03. Mędrcy świata 04. Bracia patrzcie 05. Jezus malusieńki 06. Z narodzenia pana 07. Lulajże Jezuniu 08. W żłobie leży 09. Bóg się rodzi 10. Gdy się Chrystus rodzi 11. Hej w dzień narodzenia 12. Mizerna cicha 13. Na całej połaci śnieg 14. Gdy sliczna panna (coda)

Bosa (2000)

Tracklist
01. Bukowina 02. Nim słońce wstanie 03. Jeżeli chcesz 04. Nigdy więcej 05. Cyraneczka 06. Jednocześnie 07. Tęskno mi tęskno 08. Kiedy mnie już nie będzie 09. Z powietrza 10. Bosa 11. Nielojalność 12. W smudze cienia 13. Szepty i łzy

Anna Maria Jopek & Friends with Pat Metheny - Upojenie (2002

Upojenie (2002)

Tracklist
01. Cichy zapada zmrok 02. Przypływ, odpływ, oddech czasu 03. Tam, gdzie nie sięga wzrok 04. Biel 05. Czarne słowa 06. Letter From Home 07. Are You Going With Me 08. Zupełnie inna ja 09. Mania mienia 10. By on był tu 11. Upojenie 12. Piosenka dla Stasia 13. Me jedyne niebo 14. Polskie drogi

Anna Maria Jopek – Secret (2005)

Secret (2005)

Tracklist
01. I Burn For You 02. Don't Speak 03. Insatiable 04. Cherry Tree 05. Secret 06. The Wind 07. Moon Dance 08. A Thousand Years 09. Until you sleep 10. Only Water 11. All The Virtue

Anna Maria Jopek – Id (2007)

Id (2007)

Tracklist
01. Spróbuj Mówic Kocham 02. Teraz I Tu 03. Zrób, Co Mozesz 04. Claude 05. Sklamalbym 06. Soul Dealer 07. To, Co Nienazwane 08. Samej Cie Nie Zostawie 09. Cisza Na Skronie, Na Powieki Slonce 10. Z Wada Serca 11. Niepojete I Ulotne 12. Nagle 13. Pierwszy Dzien Reszty Naszego Zycia

Anna Maria Jopek - Millenium Bank (2007)

Millenium Bank (2007)

Tracklist
01. Gdy mówią mi 02. Ode mnie 03. I nie zobaczy nikt 04. Możliwe 05. ID

ruthie foster

ruthie fosterCantora e compositora, Ruthie Foster cresceu rodeada pelos ricos e emotivos sons do gospel e do blues, em Gause, no Texas. De uma família de cantores gospel, Ruthie estudou música na universidade e depois trabalhou na Marinha americana, onde começou a se apresentar com a banda ‘Pride’. Alguns anos depois, morando em Nova York e percorrendo festivais e palcos nos Estados Unidos e Europa, Ruthie foi reconhecida como uma das mais brilhantes cantoras da atualidade. Misturando elementos de blues, gospel, country e folk com uma voz forte e vibrante encanta platéias de todas as idades. Com a doença de sua mãe em 1993, Ruthie voltou para casa e suspendeu a sua carreira musical e foi trabalhar como assistente na TV local, retornando em 1997 com o lançamento do seu primeiro CD de canções originais, intitulado ‘Full Circle’ em sua própria etiqueta. Mais três álbuns se seguiram, ‘Crossover’ em 1999, ‘Runaway Soul’ em 2002 e ao vivo ‘Stages’, em 2004. ‘The Phenomenal Ruthie’ de 2007, é melhor ainda, uma agradável surpresa de uma cantora cuja voz não precisa de malabarismos. 'The Truth According to Ruthie Foster' de 2009 ganhou o Grammy como o melhor álbum de blues contemporâneo. Além de liderar sua própria banda em turnês ao redor do mundo, Ruthie também como colaboradores uma lista diversificada de artistas como Warren Haynes, Big Head Todd, Bonnie Raitt, Eric Bibb e Paul Thorn. E é uma das favoritas nas listas regulares de igualmente diversos festivais.

ruthie foster 2

ruthie foster - woke up this morning



Ruthie Foster - Runaway Soul (2002)

Runaway Soul (2002)

Tracklist
01. Runaway Soul 02. Woke Up This Morning 03. Smalltown Blues 04. Home 05. Hole In My Pocket 06. Give You My Love 07. Ocean of Tears (Mama) 08. Walk On 09. Death Came A Knockin' (Travelin' Shoes) 10. Joy

The Phenomenal Ruthie Foster (2007)

Tracklist
01. Cuz Im Here 02. Heal Yourself 03. Fruits Of My Labor 04. People Grinnin' In Your Face 05. Up Above My Head (I Hear Music In The Air) 06. Harder Tan The Fall 07. Beaver Creek Blues 08. Mama Said 09. Phenomenal Woman 10. A Friend Like You 11. I Don't Know What To Do With My Heart

ruthie foster - stages (2004)

Stages (2004)

Tracklist
01. Ocean Of Tears 02. Crossover 03. Another Rain Song 04. Real Love 05. God Bless The Child 06. Turn Me On 07. Death Came A Knockin' (Travelin' Shoes) 08. Get Out Of My Way 09. Lost In The City 10. Prayin' For Rain 11. Church 12. Walk On 13. Oh! Susannah 14. Full Circle

renaissance

renaissanceA história da banda ‘Renaissance’ começou em 1969, em Surrey, Inglaterra. Um ano antes, com o término dos ‘Yarbirds’ os ex-integrantes Keith Relf (vocal, guitarra, harmônica) e Jim McCarty (vocal, bateria, percussão) reuniram-se para formar um novo grupo de rock que pudesse ser o renascimento do sentimento clássico que se chamaria ‘Together’, mas resolveram formar um sexteto com o nome ‘Renaissance’, o renascimento da música. Keith convidou sua própria irmã Jane para participar dos vocais, além de John Hawken (piano clássico) e Louis Cennamo (baixos) e Chris Dreja (baixos) dos ‘Yarbirds’. O gênero musical seria art-rock e clássico-folk, com características progressivas influenciados pela música erudita, incluindo em suas canções referências a compositores como Bach, Chopin, Albinoni, Debussy, Rachmaninoff, Rimsky-Korsakov e Prokofiev, entre outros. O primeiro álbum ‘Renaissance’ de 1969 era totalmente diferente do que eles vinham fazendo no ‘Yarbirds’, o improviso era uma das características marcantes da banda e as melodias, as letras e os arranjos eram suaves. Tendo boa aceitação do público resolveram, em 1971, providenciar o próximo álbum, ‘Illusion’, uma preciosidade com som ilusionista ou espacial, trazendo verdadeiros hinos onde Jane Relf dá uma aula de canto e demonstra claramente o que é cantar de forma intimista na magnífica, divina canção 'Face of Yesterday'. Devido a desentendimentos e conflitos internos e profundas reformulações, todos os integrantes resolveram abandonar a banda. Consequentemente, esse segundo LP ficou órfão quanto à divulgação do mesmo.

renaissance primeira formação em 1970

Primeira formação com Jane Relf (1970)

Terminada a primeira fase, em 1972 começa uma segunda fase da banda, com Michael Dunford assumindo a frente do novo grupo. O ritmo e o gênero também sofreram mudanças, orquestras eram convidadas para participar dos discos. Substituindo os vocais de Jane, a poderosa e a mais conceituada musa do gênero progressivo, a jovem vocalista Annie Haslam. A nova formação, provavelmente a mais famosa na história da banda, consistia de Annie Haslam no vocal, Michael Dunford no violão, John Tout no piano, Jon Camp no baixo e vocal e Terry Sullivan na bateria. Lançaram ‘Prologue' em 1972, com letras escritas por Dunford e McCarty e pela poetisa Betty Thatcher.

renaissance - 1973

Segunda formação com Annie Haslam (1973)

Mesmo com profundas mudanças ‘Renaissance’ marcou os finais dos anos 60, toda a década de 70, e seguintes. Keith Relf morreu eletrocutado por uma guitarra elétrica, em 1976 e em 1977, foi formada a banda ‘Illusion’ com Jane Relf nos vocais concretizando um sonho do falecido irmão Keith. Gravaram três álbuns históricos, no gênero progressivo. Em meio à glória e ao sucesso, ‘Renaissance’ seguiu a trajetória sombria mergulhada em um clima de instabilidade total e, consequentemente, pela decadência do bom e velho rock progressivo. Mesmo assim como os ‘Yardbirds’ lançaram três grandes guitarristas da história do rock, Jimmy Page, Eric Clapton e Jeff Beck, o ‘Renaissance’ lançou as carreiras solos bem sucedidas de Jane Relf, Annie Haslam, Jim McCarty, John Hawken e Terry Sullivan.

renaissance - face of yesterday (vocal jane relf)

renaissance - bound for infinity (vocal annie haslam)


renaissance - renaissance (1969)    renaissance - illusion (1971)

Renaissance (1969)    |    Illusion (1971)

Tracklist: Renaissance
01. Kings and Queens 02. Innocence 03. Island 04. Wander 05. Bullet 06. Island (Single Version) 07. The Sea

Tracklist: Illusion
01. Love Goes On 02. Golden Thread 03. Love Is All 04. Mr. Pine 05. Face of Yesterday 06. Past Orbits of Dust

renaissance - prologue (1972)    renaissance - ashes are burning (1973)

Prologue (1972)    |    Ashes are Burning (1973)

Tracklist: Prologue
01. Prologue 02. Kiev 03. Sounds Of The Sea 04. Spare Some Love 05. Bound For Infinity 06. Rajan Khan

Tracklist: Ashes are Burning
01. Can You Understand 02. Let It Grow 03. On The Frontier 04. Carpet Of The Sun 05. At The Harbour 06. Ashes Are Burning

renaissance - turn of the cards (1974)    renaissance - scheherazade & other stories (1975)

Turn of the Cards (1974)    |    Scheherazade & Other Stories (1975)

Tracklist: Turn of the Cards
01. Running Hard 02. I Think Of You 03. Things I Don't Understand 04. Black Flame 05. Cold Is Being 06. Mother Russia

Tracklist: Scheherazade & Other Stories
01. Trip To The Fair 02. The Vultures Fly High 03. Ocean Gypsy 04. Song Of Scheherazade

Renaissance - novella (1977)    renaissance - a song for all seasons (1978)

Novella (1977)    |    A Song for all Seasons (1978)

Tracklist: Novella
01. Can You Hear Me? 02. The Sisters 03. Midas Man 04. The Captive Heart 99 05. Touching Once

Tracklist: A Song for all Seasons
01. Opening Out 02. Day of the Dreamer 03. Closer Than Yesterday 04. Kindness (At the End) 05. Back Home Once Again 06. She Is Love 07. Northern Lights 08. A Song for All Seasons

renaissance - azure d'or (1979)    renaissance - camera camera (1981)

Azure d’Or (1979)    |    Camera Camera (1981)

Tracklist: Azure d’Or
01. Jekyll And Hyde 02. The Winter Tree 03. Only Angels Have Wings 04. Golden Key 05. Forever Changing 06. Secret Mission 07. Kalynda (A Magical Isle) 08. The Discovery 09. Friends 10. The Flood at Lyons

Tracklist: Camera Camera
01. Camera Camera 02. Faeries (Living at the Bottom of the Garden) 03. Remember 04. Bonjour Swansong 05. Tyrant-Tula 06. Okichi-San 07. Jigsaw 08. Running Away From You 09. Ukraine Ways

ana alcaide

ana alcaide

Ana Alcaide é uma compositora espanhola, licenciada em biologia e especializada em botânica. Além de realizar projetos na área da biologia, como o estudo dos fungos do deserto na Califórnia e a formação de ninhos de pássaros nos bosques escandinavos, Ana busca repertórios e instrumentos musicais antigos. Tudo teve inicio quando ganhou uma bolsa de estudos para estudar biologia na Suécia e encontrou-se com a ‘nyckelharpa’ ou viola de teclas, um instrumento medieval, uma espécie de violino com teclas que apresenta também algumas semelhanças com a sanfona, é um dos instrumentos folk mais antigos da Europa, existindo desde a Idade Média na Suécia. Tendo também a oportunidade de conhecer a riqueza da música deste país nórdico, quando terminou os estudos de biologia, Ana retornou seus estudos de música, ingressando no conservatório e estudando violino, instrumento que toca desde criança.

Atraída pela sofisticação e profundidade do som da ‘nyckelharpa’, Ana dedicou três anos para aprender a tocar este instrumento, como autodidata, na cidade de Toledo, na Espanha. Atualmente terminou seus estudos musicais em ‘Malmo Academia de Música da Universidade de Lund’ (Suécia), em que combina a música tradicional com as mais modernas técnicas de aprendizagem, redescobrindo a melodia dos sefarditas, ritmos espanhóis e a música renascentista. Como já fizera com o seu primeiro trabalho ‘Viola de Teclas', o seu segundo álbum ‘Como la Luna y el Sol’, que é um verso de uma canção encontrada na Turquia sefardita simbolizando o nosso relacionamento com todos os que amamos, é baseado em melodias tradicionais de várias fontes. Melodias de países mediterrânicos, como a Grécia, Marrocos, Turquia, Bulgária cujas histórias são narradas na língua dos sefarditas nascidos na Espanha medieval. Misturando a música tradicional com a sua própria Ana criou os doze temas que compõem o disco. Aprimorando seu interesse pela música tradicional com o estudo de técnicas mais modernas que lhe permitam criar seu próprio caminho como intérprete e compositora, Ana combina seus estudos no exterior com sua vida em Toledo, sua fonte de inspiração.

ana alcaide - el romeral


Ana Alcaide - Viola de Teclas (2006)

Viola de Teclas (2006)

Tracklist
01. Hixa Mia 02. Seguidillas castellanas 03. Danza del Pirineo 04. Debajo de los tilos 05. Alza la niña los ojos 06. Recercada 07. Suite de rabeladas 08. Outi 09. El romeral 10. Dime robadora 11. Ojos garzos 12. Manau 13. Danza del Corpus 14. Porque lloras

Ana Alcaide – Como la Luna y el Sol (2007)

Como la Luna y el Sol (2007)

Tracklist
01. Intro- Sefardíes 02. La Mujer de Térah 03. La Galana y el Mar 04. Como la Luna y el Sol 05. Pasacalles Sefardí 06. Las Tres Hermanicas 07. Durme Durme 08. Y Arrelumbre 09. Tishri Intro 10. Tishri 11. Era Oscuro 12. Outro - Yo m'Enamorí d'un Aire

eva cassidy

eva cassidyEva Marie Cassidy foi uma cantora norte-americana de vários estilos musicais: jazz, blues, folk, gospel e pop music. Apesar de tímida, era dona de voz expressiva e intérprete única que comovia como o fez com Sting, ao ouvir sua canção ‘Fields of Gold’ cantada por ela. Eva morreu prematuramente, aos 33 anos, vítima de câncer e a sua música foi postumamente promovida por um disc jockey da BBC, e surpreendentemente, tornou-se sucesso na Inglaterra. Eva nasceu em Oxon Hill, Maryland. Ela adorava música desde pequena, especialmente folk e jazz e sua cantora preferida era Buffy Sainte-Marie, cantora canadense famosa por suas canções de protesto, geralmente centradas no tema dos direitos dos índios. Eva aprendeu a tocar violão com o seu pai, Hugh. Anos depois na guitarra e no vocal juntou-se ao pai que tocava baixo e ao irmão Danny no violino. Eva e Danny também tocavam música country em um parque de diversões local, mas a sensibilidade de Eva, finalmente a convenceu que isso era muito difícil para ela. Foi vocalista de uma banda na escola, e depois estudou arte por um tempo, insatisfeita saiu e foi trabalhar em um viveiro de plantas.

Foi backing vocal ocasional para bandas de amigos até que o amigo de longa data Dave Lourim convenceu Cassidy a gravar algumas seções com o seu grupo de rock. No estúdio, Cassidy encontrou o produtor Chris Biondo, que impressionado com sua voz concordou em ajudá-la a montar uma fita demo. Cassidy se tornou uma presença regular no estúdio de Biondo, onde gravou uma grande variedade de músicas como vocalista de apoio para diversos artistas. Incentivada por Biondo formou uma banda para tocar em clubes locais, onde começou a cantar apesar de seu desconforto devido a sua timidez. Em 1991, Biondo apresentou-a a Chuck Brown, guitarrista de jazz e considerado o criador da ‘go-go music’, um subgênero do funk desenvolvido em torno de Washington DC no final dos anos 70. Chuck Brown queria gravar um álbum de standards de jazz e blues, e encontrou em Eva a sua parceira ideal para um dueto sofisticado e com alma. E foi lançado o álbum ‘The Other Side’ em 1992 e no ano seguinte os dois se apresentavam ao redor de Washington. Ajudada pelo carisma de Brown, Eva Cassidy finalmente começou a perder a insegurança e o medo intenso que tinha nas apresentações ao vivo. Apesar da voz sugestiva de Cassidy, as gravadoras esquivaram-se dela, por não saberam como comercializar seu repertório eclético, por sua vez, Cassidy se recusou terminantemente a permitir-se ser rotulada, valorizando a música acima de qualquer fama.

eva cassidyEm 1993, Eva teve um tumor maligno removido e exames posteriores foram negligenciados. Pouco tempo depois, ela rompeu com Biondo, que tinha sido seu namorado durante vários anos, no entanto, eles continuaram o relacionamento profissional. No início de 1994, a gravadora ‘Blue Note’ mostrou algum interesse em Eva como vocalista para gravar com o grupo de jazz ‘Pieces of a Dream’, e eles gravaram o single ‘Goodbye Manhattan’. Mas, Eva era incapaz de garantir um contrato de gravação. Em 1996, Cassidy fez dois shows no clube ‘Blues Alley’, e o álbum ‘Live at Blues Alley’ foi compilado a partir desses shows e lançado. Infelizmente, ele seria o único álbum solo da vida de Cassidy. Ela se mudou para Anápolis e começou a ter problemas com seu quadril, que considerou estar relacionado com o seu uso freqüente de degraus. No entanto, os raios X revelaram que havia fraturas, e os exames demonstraram que o melanoma de vários anos antes já havia se espalhado para os pulmões e ossos. Eva começou a quimioterapia, mas era demasiado tarde.

Um show beneficente em homenagem a ela foi encenado e Cassidy encontrou forças e usando muletas chegou ao palco para a sua última apresentação para amigos e admiradores cantando 'What A Wonderful World'. Por pressão da cantora celta Grace Griffith a gravadora ‘Blix Street Records’ liberou as gravações que Eva havia feito e em 1998 foi lançado ‘Songbird’. Graças às transmissões do disc jockey britânico Terry Wogan o álbum foi um grande sucesso. Em 2000, a gravadora lançou ‘Time After Time’, um conjunto de oito músicas de estúdio e quatro ao vivo que se mostrou um importante complemento ao legado de Eva Cassidy. Em 2002, a mesma gravadora lançou ‘Imagine’, um outro conjunto de gravações ao vivo e demos de estúdio.

eva cassidy - blues in the night


eva cassidy - live at blues alley (1996)    Eva Cassidy - Eva By Heart (1997)    Eva Cassidy - Time After Time (2000)

Live at Blues Alley (1996)    |    Eva by Heart (1997)    |    Time after time (2000)

Tracklist: Live at Blues Alley
01. Cheek to Cheek 02. Stormy Monday 03. Bridge over Troubled Water 04. Fine and Mellow 05. People Get Ready 06. Blue Skies 07. Tall Trees in Georgia 08. Fields of Gold 09. Autumn Leaves 10. Honeysuckle Rose 11. Take Me to the River 12. What a Wonderful World 13. Oh, Had I a Golden Thread

Tracklist: Eva By Heart
01. I Know You By Heart 02. Time Is A Healer 03. Wayfaring Stranger 04. Wade In The Water 05. Blues In The Night 06. Songbird 07. Need Your Love So Bad (Duet With Chuck Brown) 08. Say Goodbye 09. Nightbird 10. Waly Waly 11. How Can I Keep From Singing

Tracklist: Time After Time
01. Kathy's Song 02. Ain't No Sunshine 03. The Letter 04. At Last 05. Time After Time 06. Penny To My Name 07. I Wandered By A Brookside 08. I Wish I Was A Single Girl Again 09. Easy Street Dream 10. Anniversary Song 11. Woodstock 12. Way Beyond The Blue

eva cassidy - songbird (1998)    eva cassidy - imagine (2002)    eva cassidy - wonderful world (2004)

Songbird (1998)    |    Imagine (2002)    |    Wonderful World (2004)

Tracklist: Songbird
01. Fields Of Gold 02. Wade In The Water 03. Autumn Leaves 04. Wayfaring Stranger 05. Songbird 06. Time Is A Healer 07. I Know You By Heart 08. People Get Ready 09. Oh, Had I A Golden Thread 10. Over The Rainbow

Tracklist: Imagine 01. It Doesn't Matter Anymore 02. Fever 03. Who Knows Where the Time Goes? 04. You've Changed 05. Imagine 06. Still Not Ready 07. Early Morning Rain 08. Tennessee Waltz 09. I Can Only Be Me 10. Danny Boy

Tracklist: Wonderful World
01. What A Wonderful World 02. Kathy's Song 03. Say Goodbye 04. Anniversary Song 05. How Can I Keep From Singing? 06. You Take My Breath Away 07. Drowning In The Sea Of Love 08. Penny To My Name 09. You've Changed 10. It Doesn't Matter Any More 11. Waly Waly

grécia: uma odisséia musical

apenanti

A Grécia é um dos mais populares destinos turísticos e é conhecida pela sua rica história, arte, arquitetura, literatura e filosofia. No entanto, poucos fora da Grécia estão familiarizados com a sua música vibrante. Incluindo estilos como o emotivo ‘rembetiko’ (rebetiko, plural rebetika, do grego ρεμπέτικο e ρεμπέτικα, ocasionalmente traduzido como ‘rembetiko’, é o nome de um tipo de música popular urbana) e o elegante ‘entehno’, o álbum ‘Greece: a Musical Odyssey’ reflete ecos das melodias do Oriente Médio, ritmos balcânicos e música folclórica.

melina aslanidouNele a música grega é representada por George Dalaras e Glykeria, dois dos mais influentes e populares artistas na Grécia. O álbum também inclui Melina Kana, Anastasia Moutsatsou, Elly Paspala, Pantelis Thalassinos, Apenanti, Melina Aslanidou, Kostas Makedonas, Sofia Papazoglou, Gerasimos Andreatos e outras figuras respeitadas da música popular como Kostas Mantzios e Theodosia Stiga. Também está presente, ‘Children of the Revolution’, uma banda norte-americana liderada pelo cantor e compositor grego Vasilli que mistura o flamenco espanhol e grego tradicional. Um belo álbum que liga o antigo e o moderno mundo grego.

apenanti with melina aslanidou - to parelthon thimithika


Greece: a Musical Odyssey

Greece: A Musical Odyssey (2004)

Tracklist
01. Apenanti with Melina Aslanidou - To Parelthon Thimithika 02. Kostas Mantizios - Eleni 03. Anastasia Moutsatsou - Pino Pino 04. George Dalaras - Sou Axize Mia Kaliteri Agalia 05. Elly Paspala - An Iparhis Kapou Esi 06. Children of the revolution - Ragizi Apopse 07. Melina Kana - Arnisi 08. Pantelis Thalassinos - An M' Agapas, Tha S' Agapo 09. Theodosia Stiga - Ela Mia Nichta 10. Sofia Papazlou & Gerasimos Andeatos - Ah, Feggaraki Mou 11. Glyeria - Ta Ziliarika Sou Matia 12. Kostas Makedonas - Exinta Dis Dolaria

corinne bailey rae

Corinne Bailey RaeCantora de soul music, Corinne Bailey nasceu e foi criada na cidade de Leeds, na Inglaterra. A mais velha de três filhas de um pai da Índia e uma mãe de Yorkshire. Estudou violino clássico, mas sem qualquer ambição de levar isso adiante devido a sua adoração pelo ‘Led Zeppelin’. Começou cantando na igreja, e aos 15 anos, Corinne também estava ligada em bandas femininas independentes como ‘Veruca Salt’ e ‘L7’, e mais tarde formou a sua própria banda. O nome do grupo era ‘Helen’. Apesar do nome, a banda chegou a atrair a atenção na região de sua cidade, tudo ia bem até a baixista ficar grávida e a banda se desfazer.

Arrasada e sem saber o que fazer Corinne foi para a universidade onde estudou literatura inglesa enquanto a noite trabalhava como chapeleira em uma casa local de jazz. Composições próprias surgiram e a idéia de uma carreira solo quando uma gravadora a contratou. Foi nessa época que ela conheceu o saxofonista Jason Rae, com quem viria a se casar. Fã de jazz, mas sem gostar de improvisações, Corinne prefere as músicas clássicas por serem puras e sucintas. Sua música tem um pouco de tudo, é relaxante e excêntrica, cheia de sentimento. Elas são curtas e doces e cantadas com uma voz que flutua sem fazer esforço, repleta de afago e suavidade. Corinne é uma das poucas artistas britânicas estreantes que viu suas músicas chegarem às paradas inglesas. Com seu primeiro álbum ‘Like A Star’, um trabalho sublime de blues, recebeu da BBC o prêmio ‘Som de 2006’ e o primeiro single ‘Put Your Records On’ tornou-se um grande sucesso na Europa. Sua bem sucedida carreira, no entanto, sofreria uma pausa forçada devido a uma tragédia. Seu marido Jason viria a falecer em março de 2008 devido a uma overdose. Peritos viriam a constatar que uma mistura de cocaína, ectasy, metadona e álcool teria sido consumida pelo músico e o levado a óbito.

corinne bailey rae 2

corinne bailey rae - put your records on


corinne bailey rae - deluxe edition (2007)

Deluxe Edition (2007)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Like a Star 02. Enchantment 03. Put Your Records On 04. Till It Happens to You 05. Trouble Sleeping 06. Call Me When You Get This 07. Choux Pastry Heart 08. Breathless 09. I'd Like To 10. Butterfly 11. Seasons Change

Tracklist CD 2
01. Since I've Been Loving You (Led Zeppelin cover) 02. Emeraldine (original song) 03. Munich (editors cover) 04. No Love Child 05. Enchantment (remix) 06. Venus as a Boy (Bjork cover) 07. I'd Like To (remix) 08. I Won't Let You Lie to Yourself 09. Another Rainy Day (original song featured in "Venus") 10. Daydreaming (Aretha Franklin cover)

corinne bailey rae - the sea (2010)

The Sea (2010)

Tracklist
01. Are You Here 02. I'd Do It All Again 03. Feels Like The First Time 04. The Blackest Lily 05. Closer 06. Loves On Its Way 07. I Would Like To Call It Beauty 08. Paris Nights - New York Mornings 09. Paper Dolls 10. Diving For Hearts 11. The Sea

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...