the ultimate jazz archive: vocalists 38

posts relacionados
the ultimate jazz archive: blues

the ultimate jazz archive: boogie woogie
the ultimate jazz archive: swing to bebop, modern jazz
the ultimate jazz archive: big bands
the ultimate jazz archive: vocalists


the boswell sisters

‘The Boswell Sisters’ foi um grupo musical que ficou famoso na década de 30 e era composto pelas irmãs Martha Boswell (09 de junho de 1905 - 02 de julho de 1958), Connie Boswell (03 de dezembro de 1907 - 11 out 1976), e Helvetia ‘Vet’ Boswell (20 de maio, 1911 - 12 de novembro de 1988). As irmãs foram criadas em uma família de classe média de New Orleans, Louisiana, Martha e Connie nasceram em Kansas City, Missouri, e Helvetia nasceu em Birmingham, Alabama, e ficaram conhecidas em Nova Orleans, ainda no início da adolescência, fazendo aparições em teatros locais e rádio. A primeira gravação foi em 1925, no entanto, alcançaram a atenção nacional quando se mudaram para Nova York em 1930, em apresentações nas estações de rádio. E depois de algumas gravações com a ‘OKeh Records’ e para a ‘Brunswick Records’, registros considerados como marco do jazz vocal. Connie também gravou uma série de álbuns solos mais durante o mesmo período. A sua canção ‘Rock and Roll’ de 1934 foi um dos primeiros usos do termo, mas não se referia ao ritmo quente que viria, mas ao ritmo do balanço do mar. ‘The Boswell Sisters’ contabilizaram 20 hits durante os anos 30, incluindo o registro número um ‘The Object of My Affection’, em 1935. ’The Andrews Sisters’ começaram como imitadoras das irmãs Boswell e a jovem Ella Fitzgerald as amava, idolatrando Connie em particular, cujo estilo de canto ela moldou para si própria. Em 1936, o grupo assinou contrato com a ‘Decca’, e logo depois de apenas três registros elas se separaram. Connie Boswell continuou a ter uma carreira solo de sucesso e mais tarde mudou a grafia de seu nome de Connie para Connee na década de 40. Connee sempre cantou em uma cadeira de rodas, ou sentada, devido a um acidente que sofreu quando criança.



the mills brothers

‘The Mills Brothers’, às vezes descrito como ‘The Four Mills Brothers’, foi um quarteto vocal de jazz e pop que fez mais de 2.000 gravações, que vendeu mais de 50 milhões de cópias e que renderam pelo menos três dezenas de discos de ouro. O grupo era originalmente composto por quatro irmãos afro-americanos nascidos em Piqua, Ohio: John Jr. (19 de outubro, 1910 - 23 de janeiro de 1936), vocalista, baixista e guitarrista; o tenor Herbert (2 de abril de 1912 - 12 de abril de 1989); o barítono Harry (09 de agosto de 1913 - 28 de junho de 1982); e o tenor Donald (29 de abril de 1915 - 13 de novembro de 1999). O pai, John Huthinson, que era dono de uma barbearia fundou o quarteto ‘Four Kings of Harmony’. Os meninos mais velhos começaram a cantar no coro da Igreja Metodista e depois das aulas se reuniam em frente à barbearia de seu pai para cantar e tocar o ‘kazoo’, um instrumento de sopro que modifica o som da voz por meio de vibração. Quando se inscreveram em um concurso de amadores, no palco, Harry descobriu que havia perdido o seu ‘kazoo’, ele então colocou as mãos à boca e imitou um trompete. O sucesso de sua imitação levou os outros irmãos a diversas imitações e assim criaram a sua assinatura sonora. Os irmãos praticavam imitando orquestras que ouviam no rádio. John, com o baixo, imitava a tuba; Harry, um barítono, imitava a trombeta; Herbert tornou-se a segunda trombeta e Donald o trombone. E, assim, tornaram-se conhecidos pela capacidade de imitarem instrumentos musicais com suas vozes e pelo domínio do ‘scat singing’, improvisação com vocábulos sem palavras, sílabas sem sentido ou sem palavras. Ella Fitzgerald é geralmente considerada uma das maiores cantoras de jazz do scat na história, isso porque ela esquecia as letras das músicas e utilizava o artifício. Em 1928, com a ajuda do vocalista e pianista Seger Ellis, uma lenda da música dos anos 20, os irmãos rapidamente se tornaram estrelas das estações de rádio locais de Cincinnati, e tiveram a sua maior oportunidade quando Duke Ellington se apresentou na cidade. Quando os jovens cantaram para Duke, ele chamou Tommy Rockwell da ‘Okeh Records’ que assinou contrato com eles e trouxe o grupo para New York. Em 1930, assinaram contrato de três anos com a CBS Radio, em Nova York, e tornaram-se os primeiros afro-americanos a terem um show na rádio e foram patrocinados por alguns dos maiores anunciantes em rádio. A primeira gravação para a ‘Brunswick Records’, o cover da ‘Original Dixieland Jass Band’, ‘Tiger Rag’ se tornou sucesso nacional. Outros sucessos vieram, antes de assinarem com a ‘Decca’, onde ficaram até a década de 50. Em 1934, ‘The Mills Brothers’ se tornou o primeiro grupo afro-americano a se apresentar para a realeza britânica. Durante essa realização, na Inglaterra, John Jr. ficou doente e levou meses para se recuperar de uma pneumonia. Antes dele se recuperar completamente, os irmãos voltaram para os EUA e John Jr., mais uma vez foi internado e morreu no início de 1936. Os demais irmãos consideraram o rompimento do grupo, mas a pedido da mãe seguiram em frente. Norman Brown juntou-se aos irmãos, como guitarrista. Nos anos 40, Gene Smith substituiu Harry quando foi convocado para o Exército. A ascensão do rock’n’roll no início dos anos 50 fez pouco para diminuir a popularidade dos irmãos Mills. Nos anos 70, Harry estava quase cego por causa da diabetes. Como um trio, Herbert, Harry e Donald continuaram a se apresentar até a morte de Harry, em 1982. Herbert e Donald continuaram até a morte de Herbert, em 1989. Então, Donald começou a se apresentar com a terceira geração da família, com seu filho, D. João III. Depois da morte de Donald de pneumonia em 1999, D. João III começou a excursionar com o nome ‘The Mills Brothers’ com Elmer Hopper que já havia cantado com os ‘Platters’. Para Dean Martin, Harry Mills era a sua maior influência musical mais do que Frank Sinatra e Bing Crosby. ‘The Bee Gees’ também citaram os irmãos Mills como influência.



billie holiday

Billie Holiday (Filadélfia, 7 de Abril de 1915 - Nova Iorque, 17 de Julho de 1959), Lady Day para os fãs, é por muitos considerada a maior de todas as cantoras do jazz. Sua vida como cantora começou em 1930. Estando mãe e filha ameaçadas de despejo por falta de pagamento de sua moradia, Billie sai à rua em desespero, na busca de algum dinheiro. Entrando em um bar do Harlem, ofereceu-se como dançarina, mostrando-se um desastre. Penalizado, o pianista perguntou-lhe se sabia cantar. Billie cantou e saiu com um emprego fixo. Billie nunca teve educação formal de música e seu aprendizado se deu ouvindo Bessie Smith e Louis Armstrong. Após três anos cantando em diversas casas, atraiu a atenção do crítico John Hammond, através de quem ela gravou seu primeiro disco, com a big band de Benny Goodman. Era o real início de sua carreira. Começou a cantar em casas noturnas do Harlem (Nova York), onde adotou seu nome artístico. Leia +...



mildred bailey

Mildred Bailey (27 de fevereiro de 1907 - 12 de dezembro de 1951), nascida Mildred Rinker em Tecoa, Washington, foi popular e influente durante a década de 30 e ficou conhecida como ‘The Rockin' Chair Lady’ e ‘Mrs. Swing’. Seu pai tocava violino e sua mãe, descendente dos nativos Coeur d'Alene e católica devota tocava piano todas às noites depois do jantar e ensinou Mildred a tocar e cantar. Seus irmãos eram o letrista Charles Rinker e o vocalista e compositor Al Rinker, que formava o ‘The Boys Rhythm’ com Bing Crosby. Com dezessete anos, Mildred Bailey mudou-se para Seattle e trabalhou como demonstradora de partituras na empresa Woolworth. Ela se casou e divorciou-se de Ted Bailey, mas manteve o seu sobrenome por achar que soava mais norte-americano do que Rinker. Com a ajuda de seu segundo marido, Benny Stafford, tornou-se cantora de blues e jazz. Ela cantou com a banda de Paul Whiteman entre 1929 e 1933 e deixou a banda devido a divergências salariais. Então, gravou uma série de registros para ‘Brunswick Records’, em 1933, acompanhada pelos irmãos Dorsey além de uma sessão com a banda de Benny Goodman em 1934 que contou com o saxofonista Coleman Hawkins. Nesta mesma década, Mildred gravou com seu terceiro marido, o vibrafonista Red Norvo. Um casal dinâmico, que ganhou o apelido ‘Mr. and Mrs. Swing’. Algumas de suas gravações incluíram membros da banda de Count Basie. Apesar do divórcio, ela e Red Norvo continuaram a gravar juntos até 1945. Sofrendo de diabetes e depressão, Mildred só fez algumas gravações após a Segunda Guerra Mundial e morreu em Nova York de insuficiência cardíaca, aos 44 anos.




the ultimate jazz archive 38


38-1: The Boswell Sisters (1931-1939)
parte I    parte II

Tracklist
01. Roll On Mississippi, Roll On 02. Shout, Sister, Shout 03. Sing A Little Jingle 04. I Found A Million Dollar 05. It's The Girl 06. It's You 07. Making Faces At The Man In The Moon 08. I Can't Write The Words 09. Shine On, Harvest Moon 10. Heebie Jeebies 11. River, Stay 'Way From My Door 12. An Evening In Caroline 13. Nothing Is Sweeter Than You 14. I Thank You, Mr. Moon 15. Was That The Human Thing To Do 16. Put That Sun Back In The Sky 17. Stop The Sun, Stop The Moon 18. Everybody Loves My Baby 19. There'll Be Some Changes Made 20. Between The Devil And The Deep Blue Sea 21. If It Ain't Love 22. Got The South In My Soul 23. Whad Ja Do To Me 24. When I Take My Sugar To Tea

38-2: The Mills Brothers (1932-1937)
parte I    parte II

Tracklist
01. It Don't Mean A Thing 02. Doin' The New Low Down 03. St. Louis Blues 04. Sweet Sue, Just You 05. Diga Diga Doo 06. Tiger Rag 07. Loveless Love 08. Some Of These Days 09. Nagasaki 10. What's The Reason 11. Moanin' For You 12. Don't Be Afraid To Tell Your Mother 13. Since We Fell Out Of Love 14. Lulu's Back In Town 15. Solitude 16. London Rhythm 17. Shoe Shine Boy 18. Swing Is The Thing 19. Pennies From Heaven 20. Swing For Sale

38-3: Billie Holiday (1933-1936)
parte I    parte II

Tracklist
01. Your Mother's Son-in-Law 02. Riffin' the Scotch 03. I Wished on the Moon 04. What a Little Moonlight Can Do 05. Miss Brown to You 06. A Sunbonnet Blue 07. What a Night, What a Moon, What a Girl 08. I'm Painting the Town Red 09. It's Too Hot for Words 10. Twenty-Four Hours a Day 11. Yankee Doodle Never Went to Town 12. Eeny Meeny Miney Mo 13. If You Were Mine 14. These 'N' That 'N' Those 15. You Let Me Down 16. Spreadin' Rhythm Around 17. Life Begins When You're in Love 18. It's Like Reaching for the Moon 19. These Foolish Things

38-4: Mildred Bailey (1935-1939)
parte I    parte II

Tracklist
01. When Day Is Done 02. I've Got My Love To Keep Me Warm 03. Rockin' Chair 04. Thanks For The Money 05. Rock It For Me 06. 'Tain't What You Do 07. Daydreaming 08. A Cigarette & A Silhouette 09. You Leave Me Breathless 10. Savin' Myself For You 11. Put Your Heart In A Song 12. Wigwammin' 13. Jumps Jumps Here 14. St. Louis Blues 15. Barrelhouse Music 16. Arkansas Blues 17. There'll Be Some Changes Made 18. A Ghost Of A Chance 19. Darn That Dream 20. Peace, Brother!



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...