british jazz

posts relacionados
british blues
british rock’n’roll

O jazz britânico chegou a Grã-Bretanha através de gravações e artistas norte-americanos que visitaram o país enquanto ele era um gênero relativamente novo, logo após o fim da I Guerra Mundial. Ele começou a ser tocado por músicos britânicos nos anos 30 e ganhou popularidade em 1940, tocado nos salões pelas big bands. A partir do final dos anos 40 o moderno jazz britânico, altamente influenciado pelo bebop americano, começou a surgir e foi divulgado pelo compositor de jazz, saxofonista e clarinetista inglês John Dankworth e pelo saxofonista tenor e dono do clube de jazz Ronnie Scott, enquanto os trompetistas Ken Colyer e Humphrey Lyttelton e o pianista George Webb enfatizaram o jazz de New Orleans. A partir dos anos 60 o jazz britânico começou a desenvolver mais as suas características individuais e absorver uma variedade de influências, incluindo o blues britânico, bem como o europeu. Um grande número de músicos britânicos ganhou reputação internacional, embora tivessem uma participação minoritária dentro do próprio Reino Unido.

A History of Jazz In Britain 1919-50O livro ‘A History of Jazz In Britain 1919-50’ retrata a chegada do jazz no Reino Unido, a influência de músicos norte-americanos, a era big-band e depois o ‘bop’, o desenvolvimento do jornalismo especializado e os clubes de jazz e, sobretudo, as apresentações de músicos norte-americanos na Grã-Bretanha. De autoria de Jim Godbolt foi a primeira pesquisa verdadeiramente abrangente do fenômeno a partir de uma perspectiva puramente britânica. O livro traça a história do jazz no Reino Unido e não de jazz britânico. Apesar da já existente literatura de jazz antes de ter sido publicado pela primeira vez em 1984, não há nenhum outro livro para rivalizar com ele. O autor, que conviveu com o jazz ao longo da sua vida analisa em detalhes a chegada do jazz com a ‘Original Dixieland Jazz Band’ em 1919, a era das big bands e a extraordinária revolução causada pelo bop. Todos os artistas e as fulgurantes bandas do período são abordadas: Ted Lewis com Jimmy Dorsey e Muggsy Spanier, Louis Armstrong, Duke Ellington, Paul Whiteman, Cab Calloway, Dizzy Gillespie, Fats Waller, Benny Goodman, Sidney Bechet e muitos mais. A influência destes mestres sobre os músicos britânicos é examinada assim como os relatos da imprensa da época, alguns efusivos, outros ofensivos. As revistas especializadas, os clubes, a discografia e as raízes são discutidas. Além disso, o livro narra o duelo que se travou e culminou na apresentação de Sidney Bechet e Coleman Hawkins nos palcos britânicos em desafio à proibição do sindicato dos músicos ‘Musicians' Union’ que resultou em um fiasco judicial. O livro é referência indispensável para os aficionados do jazz e interessante e às vezes surpreendente para o leitor leigo.

Jim Godbolt nasceu no sul de Londres em 1922. Após ser dispensado da marinha, tornou-se empresário do pianista auto-didata, bandleader e dixielander (dixieland é um sub-gênero do jazz criado em 1910 em New Orleans) George Webb em 1946. George, assim como Jim, também era amante do jazz desde a adolescência e fundou o clube ‘Bexleyheath Rhythm Club’ onde ele e os adeptos do jazz se reuniam para ouvir música gravada principalmente dos seus ídolos: King Oliver e Louis Armstrong. George Webb em 1941 fundou a sua própria dixielander e foi apelidado de ‘pai do jazz tradicional britânico’. Jim Godbolt por sua vez, dirigia uma agência com Lyn Dutton e Humphrey Lyttelton em 1951, e fundou a sua própria em 1952 representando a ‘Magnolia Jazz Band’ de Mick Mulligan, trompetista e bandleader que tornou-se dono de cavalos de corrida, quando o rock’n’roll amorteceu o entusiasmo pelo jazz. Por mais de 60 anos Jim dedicou-se à música, trabalhando como jornalista, agente e gerente, não apenas para músicos de jazz, mas também para os grupos dos anos 1960. Em 1971, Jim deixou o negócio do entretenimento para se concentrar em sua carreira de escritor.

jazz in britain 1919-1950‘Jazz in Britain 1919-1950’ é um conjunto de 4 CDs gravados pela gravadora britânica ‘Proper Records’ para acompanhar a republicação do livro, publicado pela primeira vez em 1984. O autor do livro, Jim Godbolt, foi quem também reuniu as compilações. Tanto o livro quanto o conjunto de CDs receberam críticas, mas trata-se de uma visão sólida do jazz na Grã-Bretanha nos primeiros 30 anos da história. O conteúdo revela não só o talento britânico, por si só, mas também os demais músicos da Europa, Paris, principalmente, e claro, dos Estados Unidos. Entre as 101 faixas existem surpresas e raridades. No primeiro disco: ‘Fred Elizade & His Cambridge Undergarments’ em ‘Stomp Your Feet’, ‘Allan Selby And His Band’ no clássico ‘Love Me or Leaver Me’ e ‘Ted Lewis And His Band’ em ‘Sobbin' Blues’. Jimmy Dorsey com Spike Hughes fazem uma excelente leitura de ‘St. Louis Blues’. A partir do disco dois é documentado a ‘American Invasion’ com as apresentações de Cab Calloway, Duke Ellington, e Garland Wilson nas ilhas britânicas. Mas são com os praticamente desconhecidos por muitos que esta coleção encontra o seu maior charme com a inclusão de Buck and Bubbles, Duncan Whyte, Ambrose & His Orchestra, Danny Polo, Jack Hylton's Rhythmagicians, Ted Heath, Ala Dean & His Beboppers, Yorkshire Jazz Band, Graeme Bell & His Australian Jazz Band, Freddy Randall e outros.

Sentado no seu apartamento no quarto andar, em Lissenden Gardens, Dartmouth Park onde viveu por 30 anos, Jim Godbolt, com 82 anos, lembra-se das noites em claro em que tentava encontrar, nas milhares gravações, apenas 100 faixas. Bob Glass da loja ‘Ray’s Jazz’ em Shaftesbury Avenue se juntou a ele como colaborador e os dois analisaram CDs, LPs, EPs, 78s e catálogos de livros em uma busca agradável, mas maníaca. Nem o livro nem o conjunto de discos são acerca de jazz britânico em si, mas sobre o jazz na Grã-Bretanha.

Heróis do início do jazz britânico reunidos no clube de jazz do saxofonista tenor Ronnie Scott, no lançamento de ‘Jazz in Britain 1919-1950’. A partir da esquerda: Coleridge Goode, Tommy McQuater, Jim Godbolt e Frank Deniz.

Coleridge Goode, Tommy McQuater, Jim Godbolt and Frank Deniz

Ronnie Scott, originalmente Ronald Schatt, nasceu em Aldgate, leste de Londres, em uma família de ascendência judaica da Rússia por parte de pai e de portugueses do lado da mãe. Scott começou a tocar em pequenos clubes de jazz com dezesseis anos e foi um dos primeiros músicos britânicos a ser influenciado por Charlie Parker e outros do bebop. Ele é mais lembrado por fundar com o ex-saxofonista tenor Pete King, o ‘Scott Jazz Ronnie Club’.

Coleridge George Emerson Goode, notável baixista que colaborou com o saxofonista Joe Harriott. Goode era jamaicano e veio para a Inglaterra em 1934 para estudar no Royal Technical College em Glasgow e depois engenharia na Universidade de Glasgow. Ele já era um violinista clássico, mas se encantou com o jazz e assumiu o baixo após ouvir Count Basie, Duke Ellington, Billie Holiday e Louis Jordan, abandonando os seus planos de voltar para a Jamaica.

Mossie Thomas ‘Tommy’ McQuater foi trompetista escocês, notável por seu trabalho no Reino Unido com Bert Ambrose em 1930, e também em algumas gravações feitas com George Chisholm e Benny Carter.

Frank Deniz foi um dos primeiros guitarristas da Inglaterra, do movimento swing. Filho mais velho de um violinista de Cabo Verde, Frank estudou violino e banjo antes de se mudar definitivamente para a guitarra. Em 1937 mudou-se para Londres quando o swing norte-americano estava na moda nos círculos sociais da cidade.

HMV public jam session - tea for two


‘His Master's Voice’, abreviado para HMV, por muitos anos foi uma grande gravadora britânica. O nome foi cunhado em 1899 junto com a marca criada por Francis Barraud do cão Nipper da raça Jack Russel Terrier ouvindo um gramofone cilíndrico.

jazz in britain 1919-1950 CD 1    jazz in britain 1919-1950 CD 2    jazz in britain 1919-1950 CD 3    jazz in britain 1919-1950 CD 4

Jazz in Britain 1919-1950 (2005)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4

CD 1: The Twenties
01. Original Dixieland Jazz Band - At The Jazz Band Ball
02. Paul Whiteman & His Orchestra - Way Down Yonder In New Orleans
03. The Georgians - Snake's Hips
04. The Original Capitol Orchestra - Tiger Rag
05. Savoy Orpheans - Eccentric
06. Mound City Blue Blowers - Morning After Blues
07. Jack Hylton's Kit-Kat Band - Riverboat Shuffle
08. The Plantation Orchestra - Arabella's Wedding Day
09. Devonshire Dance Band - Sugar Foot Stomp
10. Fred Elizalde and His Cambridge Undergraduates - Stomp Your Feet
11. Bert Firman's Rhythmic Eight - You Don't Like It, Not Much
12. Bert Firman's Rhythmic Eight - Miss Annabelle Lee
13. Jack Hylton's Rhythmagicians - Grieving For You
14. Fred Elizalde's Savoy Hotel Band - Dixie
15. Jay Whidden & His New Midnight Follies Band - A Dicky Bird Told Me So
16. Eddie South & His Alabamians - Two Guitars
17. Fred Elizalde - Nobody's Sweetheart
18. Noble Sissles and His Orchestra - Miranda
19. Alan Selby and his Band - Love Me Or Leave Me
20. Philip Lewis and his Orchestra - That's A Plenty
21. Jack Hart and His Band - Song Of Dawn
22. Ted Lewis and His Band - Sobbin 'Blues
23. Jimmy Dorsey / Spike Hughes & His Three Blind Mice - St Louis Blues
24. Spike Hughes & His Orchestra - Funny, Dear, What Love Can Do
25. Night Club Kings - Allah's Hollidays
26. Billy Cotton & His Band - Bessie Couldn't Help It

CD 2: Louis and Duke Arrive
01. Spike Hughes & His Orchestra - Buddy's Wednesday Outing
02. Louis Armstrong & His Orchestra - Sunny Side Of The Street - Part 2
03. Duke Ellington & His Orchestra - Ain't Misbehavin '
04. Duke Ellington - Duke Ellington Talking To Percy Mathison Brooks
05. Duke Ellington & His Orchestra - Hyde Park
06. Madame Tussaud's Dance Band - Jazz Cocktail
07. Ray Noble & His Orchestra - Japanese Sandman
08. Jack Hylton & His Orchestra - Ellingtonia
09. Cab Calloway & His Orchestra - Jitter Bug
10. Joe Venuti & His Blue Four - Romantic Joe
11. Lew Stone & His Band - I Ain't Got Nobody
12. Valaida Snow / Billy Mason and his Orchestra - I Wish I Were Twins
13. Nat Gonella and His Georgians - Fascinating Rhythm
14. Gery Moore - Stars Fell On Alabama
15. Washboard Serenaders - Sheik Of Araby
16. Mario "Harp" Lorenzi And His Rhythmics - Some Of These Days
17. Duncan Whyte - Hummin 'To Myself
18. Nat Gonella and His Georgians - Singin 'The Blues
19. Benny Carter & His Orchestra - Nightfall
20. The Swing Rhythm Boys - Is It True What They Say About Dixie?
21. Garland Wilson - Just A Mood
22. Buck & Bubbles - Lady Be Good
23. Benny Carter & His Orchestra - Gin And Jive
24. Teddy Hill and His NBC Orchestra - King Porter Stomp
25. Ambrose and His Orchestra - Cotton Pickers' Congregation
26. Sid Phillips & his Orchestra - Amoresque
27. Danny Polo & His Swing Stars - Blue Murder Buddy's Wednesday Outing

CD 3: Jazz Takes Hold in the UK
01. Art Tatum - Sheik Of Araby
02. Danny Polo & His Swing Stars - If You Were The Only Girl In The World
03. Freddy Gardner & His Swing Orchestra - Have You Got Any Castles, Baby?
04. Una Mae Carlisle And Her Jam Band - I'm Crazy 'Bout My Baby
05. Fats Waller & His Rhythm - Ain't Misbehavin '
06. Le Quintette Du Hot Club De France - Lambeth Walk
07. Ken 'Snakehips' Johnson & His West Indian Dance Band - Snakehips Swing
08. Freddy Gardner & His Swing Orchestra - 10 AM Blues
09. Jack Hylton's Band With Coleman Hawkins - My Melancholy Baby
10. Harry Roy & His Orchestra - Darktown Strutters Ball
11. Blue Mariners with Jack Llewellyn - Stardust
12. Johnny Claes and His Clay Pigeons - I Heard
13. Harry Parry and His Radio Rhythm Club Sextet - The Java Joint
14. HMV Public Jam Session - Tea For Two
15. Cyril Blake and His Jig's Club Band - Blue Skies
16. Melody Maker Competition Band - Red Duster Rag
17. Phil Green & His Basin Street Band - Bugle Call Rag
18. Buddy Featherstonehaugh's RAF HQ Bomber Command Sextet - Buddy's Blues
19. Josephine Bradley and Her Jive Rhythm Orchestra - Rockin 'The Blues
20. Vic Lewis/Jack Parnell Jazzmen - I'm Comin 'Virginia
21. George Shearing Sextet - Five Flat Flurry
22. Leslie "Jiver" Hutchinson And His Coloured Orchestra - Swing Low Sweet Chariot
23. Vic Lewis/Jack Parnell Jazzmen - Dick's Boogie
24. Miff Ferrie and His Ferrymen - In A Little Spanish Town
25. Tony Short Trio With Wally Fawkes - 165 Blues
26. Ted Heath and His Music - Bakerloo Non-Stop
27. The Squadronaires - Hey Ba-Ba-Rebop

CD 4: Stylistic Turmoil
01. Harry Hayes and His Band - Blue Charm
02. Harry Hayes and His Band - Rckin 'In Rhythm
03. George Webb's Dixielanders - When The Saints Go Marching In
04. Melody Maker Columbia Jazz Rally - Blue Moon
05. Melody Maker Columbia Jazz Rally - Thriving On A Riff
06. The Ray Ellington Quartet - Five Guys Named Moe
07. Victor Feldman Quartet - Mop Mop
08. All Star Sextet - I Can't Get Started
09. Graeme Bell & His Australian Jazz Band - Shim-Me-Sha-Wabble
10. Freddy Randall & His Band - Wolverine Blues
11. Mark White Presents Jazz Club - Jazz Club Stomp
12. The Ronnie Scott's Club 11 Boptet - Wee Dot
13. Johnny Dankworth Quartet - Lover Man
14. Alan Dean and his Beboppers - Gone With The Windmill
15. Carlo Krahmer's Chicagoans - Blues In Thirds
16. Benny Goodman - BBC Broadcast Medley
17. Ted Heath & His Orchestra - Lyonia
18. The Yorkshire Jazz Band - Alexander's Ragtime Band
19. Sidney Bechet with Humphrey Lyttelton And His Band - Some Of These Days
20. Coleman Hawkins - It's Only A Paper Moon
21. Humphrey Lyttelton & His Band - Maple Leaf Rag

Um comentário:

Anonymous disse...

excelente postagem, parabéns (Claudio)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...